terça-feira, 30 de outubro de 2012

ATENDENDO AO LEITOR

         É com satisfação que, por sugestão de um leitor, posto a matéria que ora ofereço aos demais ao clicar no link abaixo.
          Certamente que muitos, por questões partidárias, não concordarão com esta matéria e embora nunca tenha prometido parcialidade a ninguém de vez que tenho minha opinião própria, deixo aqui a sugestão de mandarem suas matérias, com minha promessa de postá-las.

JUIZ ARQUIVA AIJE

          Uma AIJE-Ação de Investigação Judicial Eleitoral foi ajuizada na Justiça Eleitoral local em 06.10.12 pela Coligação É TEMPO DE PAZ NOVA RUSSAS contra diversas pessoas suspeitas de compra de votos. Acertadamente, por não ter sido manejada com apresentação de provas necessárias, o Sr. Juiz Eleitoral arquivou referida ação.
          Entretanto, outras duas ações impetradas pelo cidadão Francisco Areton de Sousa estão em curso, inclusive com apresentação de provas por meio de juntada de documentos das quais acreditamos receber a mesma celeridade por parte da Justiça.
          Esta é a outra parte da verdade que não interessa a um imprensa comprometida bem como àqueles que pretendem enganar a população com meias verdades.

DESFAZENDO MAIS UMA GRANDE MENTIRA

          Não é possível se provar todas as mentiras que criam sobre mim e minha família, até porque muitas delas sequer tomamos conhecimento, mas aos poucos elas vão chegando e ao seu devido tempo procuramos mostrar a verdade.
          Uma das grandes mentiras, não poderia ser diferente, pois é contada por um grande mentiroso que faz questão de contá-la para seus colegas de trabalho, é que nossos adversários teriam em mãos um cheque emitido pela Dra. Daniela destinado a compra de votos. Ora, senhores, Daniela não usa cheque pessoal e o cheque que se referem, se de fato existisse, seria cheque do Comitê de Campanha, nominal a ativistas, que ela assina por ter sido a candidata majoritária.
          Desta forma, não é possível que alguém tenha um cheque destes sequer, uma vez que, como vocês mesmos poderão constatar com a leitura dos documentos abaixo, estão todos em poder do Comitê para a devida prestação de contas, apesar de tudo que aconteceu envolvendo estes.
          Leiam os documentos abaixo e verão toda a verdade ao tempo que recomendo muito cuidado com este tipo de gente.



segunda-feira, 29 de outubro de 2012

ASSUNTO "COMPRA DE VOTOS" CONTINUA, AQUI

          Com a realização do segundo turno na capital no dia de ontem o assunto "compra de votos" ressurge não só neste blog, mas também na rádio comunitária. Fui informado que um locutor da rádio dizia de forma eufórica que nada tinha a ver com o que certo blog falava. De fato, quando eu tratei do assunto, nominei seu colega, embora o mesmo estivesse presente e tenha assentido com tudo que foi dito.
          Já que voltamos ao assunto, lembro que durante a entrevista com o prefeito o mesmo afirmou "Tá aqui na minha frente o Denes Lima que uma semana antes era um dos vereadores eleitos e no dia da eleição foi um dos vereadores que não foram eleitos. Por quê?" Esta pergunta foi respondida pelo próprio prefeito, à sua maneira, porém faço a pergunta ao leitor de outra forma: O que aconteceu com estes votos? Será que ele não quis dizer que foram comprados? E se foram, teriam sido só os do Denes Lima e os seus conforme insinuação feita quando o mesmo diz que nasceu e cresceu no alto, onde pretendia doar um terreno para a construção de um hospital e foi o lugar onde foi menos votado?
          Assistindo ao vídeo percebemos a forma irônica como tratam o assunto dezembro/2008, quando todos eles sabem a verdade mas procuram tratar de forma a imputar a responsabilidade sobre o ex prefeito Acácio. Mas como diz o ditado: É mais fácil pegar um mentiroso do que pegar um coxo, faço a seguinte pergunta: Se o Acácio passou mais de um ano com seu aliado e este era um dos itens do acordo entre os dois, por que o prefeito não fez este pagamento?
          Nunca me  passou pela cabeça fazer qualquer referência elogiosa ao ex prefeito Marcos Alberto, mas como em muitos outros, neste ponto digo que Paulo Evangelista foi pior que ele. Pelo menos podemos entender que MA era adversário e, infelizmente, esta é a prática na política. E Paulo não era seu aliado? Por que não cumpriu pelo menos com este, entre tantos outros assumidos?
          Para quem é do ramo isto não é nenhuma novidade, é só lembrar da campanha de 2006 quando o mesmo dizia no palanque que votava no candidato do então prefeito Acácio e por trás mandava seus vereadores votar em Hermínio Resende conferindo-lhe uma votação de quase mil votos. Daí o motivo do rompimento àquela época e que hoje ele dá outra versão, enquanto os próprios vereadores nunca negaram ter votado em Hermínio.
          Não, doutor. Não dá mais pra enganar ninguém. A resposta está aí na sua votação. Só não enxerga se não quiser.

DIREITO DE TODOS

          Faço questão de postar os vídeos abaixo para mostrar que até mesmo por "Ouvi falar" e "Eu tenho apenas informações gerais" o candidato do PT Elmano de Freitas afirma que vai recorrer à Justiça.
          O que dizer do nosso caso que ajuizamos denúncias com provas cabais antes mesmo das eleições?
           Veja os vídeos e tire suas próprias conclusões.




NO BLOG DO PROFESSOR TIM

          Como de costume, em matéria que lembra Os Lusíadas pela extensão, o professor Tim faz uma panorâmica sobre os últimos acontecimentos políticos.
          Para ler a matéria, clique AQUI.

domingo, 28 de outubro de 2012

OPINIÃO - 28.10.12

          Como não poderia deixar de ser, o assunto do dia em toda a imprensa do país é o segundo turno das eleições que acontecerá hoje. Apesar disso, outras notícias chamam atenção nos jornais, destacando-se a oportunidade de emprego e negócios no estado, que tem atraído gente de todo o mundo.
          Já chama a atenção de quem visita Fortaleza a presença dos coreanos que tem sido notada principalmente no comércio de confecções. Mas não é só este setor que tem atraído os asiáticos; a  implantação da siderúrgica, com a participação de empresas daquele continente também tem sido motivo da atração de outras empresas ao nosso estado, trazendo consigo seus profissionais que permanecem no país pelo menos enquanto treinam a mão de obra local.
          Os portugueses, velhos conhecidos nossos, ultimamente tem recebido o maior número de vistos, não só pela oportunidade de investimentos no estado, mas também fugindo da crise que vive o  continente europeu. O que mudou nos portugueses foi o direcionamento dos seus investimentos, do turismo para a infraestrutura na esteira da implantação da siderúrgica e outras obras do setor.
          Outros europeus, como os italianos e espanhóis, embora perdendo as primeiras posições no ranking da autorizações para trabalho, assim como os portugueses tem procurado o ceará para investimentos de pequenas e médias empresas.
          O quadro acima mostra boas perspectivas para o crescimento econômico do nosso estado, apesar da burocracia e dos altos custos de criação de uma nova empresa, que tem se tornado fator desestimulante para investidores estrangeiros em nosso país.


CodigoFonte.com.br

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

O PREFEITO NA RÁDIO COMUNITÁRIA

          Uma parceria perfeita! É o que se pode dizer de uma combinação onde um cria e o outro divulga.
          Ontem, mais uma vez, tivemos um show de disfarçatez e mentiras, onde o Prefeito ocupou o espaço da rádio comunitária para creditar seu fracasso político ao governo do estado e políticos locais. Não sei se estou certo ao chamar de fracasso uma vez que o mesmo comemorou com o vencedor enquanto sabemos que pessoas mais próximas dele "por baixo dos panos" pediam voto para Gonçalo Diogo, confirmando o que um deles dizia: "qualquer um pode ganhar, menos minha afilhadazinha".
          Entre tantas mentiras, a que mais chamou atenção foi a afirmação de que o Vereador Denilson não iria assumir a cadeira na próxima legislatura. Vale lembrar que quem deve ser expulso do partido é o próprio prefeito que, num ato covarde, orientou a votação em Gonçalo com o único propósito de derrotar a Dra. Daniela traindo, assim, não só aqueles que acreditavam que ele estava concorrendo ao pleito como o próprio partido que não aceita esta prática condenável.
           Todos estes componentes sentimentais não teriam sido suficientes, pois sabemos que o fator determinante para o alcance da vitória foi a dinheirama derramada, confirmando o dito popular: "O que peia e dinheiro não resolver, é porque foi pouco". 
          Pelo visto a peia que o povo levou nestes últimos quatro anos tem sido pouca, não se podendo dizer o mesmo do dinheiro que foi distribuído até por menores, transformados em compradores de voto, conforme denuncia em poder da Justiça.



CodigoFonte.com.br

OPINIÃO - 26.10.12

          O Face Book tem se tornado um espaço muito importante para todo tipo de discussão e, por razões obvias, o assunto do momento é política, em nosso caso, mais precisamente a compra de votos. Particularmente, tenho sido alvo de crítica daqueles que falam em democracia sem, contudo, respeitar meus direitos de cidadão elencados em todas as leis do nosso ordenamento jurídico sobre o assunto. (Ver http://mcce.org.br/sites/default/files/OPEM2012.pdf)
          Por se constituírem de questionamentos, uns mais duros, outros de forma respeitosa, procuro respeitar a todos procurando dirimir suas dúvidas. Insisto em afirmar que não fiz qualquer denúncia após o pleito eleitoral e até mesmo os documentos apresentados ao judiciário em forma de "juntada de documentos" considero-os suficientes e só voltarei a apresentá-los caso surjam fatos de extrema gravidade.
          Quanto aos ataques pessoais, tenho consciência que jamais terei solidariedade unânime, mas que da mesma forma jamais terei este repúdio. Para alguns destes que hoje me criticam, no passado não muito distante já fui seu herói, quando seus interesses pessoais convergiam com minhas ações. Assim é a vida e o mais importante de tudo é que ajo de acordo com minhas convicções, respeitando os princípios éticos, morais e religiosos que devem nortear todo cristão temente a DEUS.
          Como um sexagenário que já viveu momentos altos e baixos, compreendo o comportamento de todos e como se costuma dizer, "o mundo gira" e quem sabe na próxima volta a gente se encontra.


CodigoFonte.com.br

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

COMPRA DE VOTOS É ASSUNTO RECORRENTE

          Em cidades do interior como a nossa é comum a onda de boatos em torno de assuntos delicados, como é a compra de votos. Este assunto tem sido tema de diversas matérias deste blog e de outros colegas assim como nas emissoras de rádio, notadamente na rádio comunitária que esquece a proibição de fazer qualquer proselitismo e mesmo assim tem patrocinado a defesa da prática sem qualquer pudor.
          Todos leitores deste blog sabem da minha preocupação em só postar matérias com a devida comprovação dos fatos ou, no mínimo, da idoneidade das fontes sem, contudo, revelá-las como estabelece a Constituição Federal no Inciso XIV do Art. 5º.
          Assim é que, para dirimir dúvidas daqueles que se deixam levar pela conversa de profissionais de rádio comprometidos com o poder, venho tecer alguns comentários sobre o assunto.
          Tenho ouvido de fontes fidedignas histórias jamais registradas em nosso município. Uma delas dá conta de que determinado cidadão deslumbrado com a vultosa quantia - estimada em vinte mil reais -  nunca vista antes em suas mãos fazia questão de mostrar a todos e dizer que era destinada a compra de votos. Outro, demonstrando grande satisfação, afirma ter comprado um voto por quinhentos reais. O motivo do valor tão alto foi o fato da mulher ser "doente" pela Dra. Daniela, mas que não resistiu à oferta e entregou-lhe o título de eleitor.
          Como esta tem muitas outras que vão da compra ao apelo ao sobrenatural como o feito por uma pessoa que prometeu levar o nome da Dra. Daniela a um "macumbeiro" do sucesso para que ela não tivesse êxito em sua campanha eleitoral.
          A que ponto chegamos!



CodigoFonte.com.br

NO BLOG DO GONZAGA MOURÃO


O VOTO ELETRÔNICO É SEGURO ?





CodigoFonte.com.br

terça-feira, 23 de outubro de 2012

INAUGURAÇÃO DO NOVO PRÉDIO DA PROCAP




A nova sede da Procuradoria de Justiça dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap) foi inaugurada, na manhã desta segunda-feira (22), na rua Coronel Sólon, 495, no bairro José Bonifácio. A solenidade contou com a presença do procurador-geral de Justiça, Ricardo Machado, do procurador de Justiça e coordenador da Procap, Maurício Carneiro, além dos promotores auxiliares da Procap: Luiz Alcântara, Eloilson Landim, Ricardo Rocha e Herton Cabral.
Também prestigiaram o evento os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Soraya Victor e Roldhen Botelho de Queiroz; as procuradoras de Justiça Magnólia Barbosa, Marilene Nobre e Mônica Aguiar; o promotor de Justiça da comarca de Trairi, Igor Pinheiro, e o delegado de Polícia Civil, Antônio Castelo Barros e do advogado Carlos Eduardo da Escóssia.




CodigoFonte.com.br

A QUEM INTERESSAR POSSA

          "Eu não fiz nenhuma denúncia após as eleições". Faço questão de iniciar esta matéria com esta frase para que aqueles que vivem a me agredir no mural deste blog sob a alegativa de que eu estaria fazendo denúncias porque perdi as eleições. Já deixei bem claro que, como autor de denúncias feitas antes das eleições, tenho a obrigação de apresentar provas e é isto que fiz até considerar suficiente o que já tenho. Da mesma forma, em nome da coligação, foi ajuizada uma AIJE-Ação de Investigação Judicial Eleitoral em data de 06.10.2012.
          O locutor da rádio comunitária Edilson Paiva, embora não tenha citado meu nome, disse que alguém andava nas casas procurando testemunhas e oferecendo grandes quantias a quem fosse ao fórum denunciar a compra de votos. Certamente que ele não se referia a mim de vez que todas as provas que tenho me foram trazidas por pessoas conhecedoras dos fatos e de livre e espontânea vontade, sem qualquer remuneração. As declarações desse profissional tinha como propósito amedrontar aqueles que por ignorância e/ou por necessidade foram enganados por cabos eleitorais que ofereciam dinheiro, principalmente para aqueles que manifestassem interesse em votar na Dra. Daniela. Este sim, numa atitude criminosa procura desencorajar aqueles que foram enganados, não se sabe se a mando da direção da rádio ou por iniciativa própria visando uma vaguinha em mais um governo, como tem ocorrido nos últimos.
          Por oportuno volto a esclarecer que jamais fiz qualquer julgamento sobre o resultado destas denúncias pois já tenho experiência bastante para saber que cabe à Justiça e somente ela poderá dar o veredicto final. Entretanto, tenho consciência do que estou fazendo, inclusive dos riscos inerentes não me preocupando com comentários que dão conta de que "com eles a coisa é diferente" e outras baboseiras que tem chegado a mim. Considero uma "guerra" - no bom sentido - onde perdemos uma batalha importante mas que ainda não terminou.
          Na primeira batalha, perdida por nós, nossos adversários usaram os meios que acharam conveniente, já esta segunda deve ser travada no campo jurídico, jamais no pessoal como querem alguns leitores que procuram este campo propício para os covardes, sob a proteção do anonimato.
          Concluo fazendo uma observação: Se nada fizeram de errado, não há porque se preocuparem. Afinal, a última palavra é da Justiça e não a minha ou a "deles".


CodigoFonte.com.br

domingo, 21 de outubro de 2012

OPINIÃO - 21.10.12

          A vida terrena corresponde a um período de aproximadamente 100 anos - pelo menos por enquanto - mas seguramente com fim certo. Findo este período, não levamos qualquer coisa material, mas somente o resultado das nossas ações para prestação de contas com DEUS.
          Partindo desta premissa podemos concluir que nenhuma conquista tem qualquer valor se não alcançada por meio decente, embora estejamos vivendo o tempo profetizado por Rui Barbosa em seu discurso de 1914 no Senado Federal.
          As igrejas proliferam em todo o mundo, enquanto, paradoxalmente as pessoas se tornam mais escravizadas pelo poder e, principalmente, pelo dinheiro. Pessoas que esquecem do segundo mandamento que todo cristão deveria respeitar: Não tomar seu santo nome em vão. Pois é exatamente em nome de DEUS que muitos procuram alcançar seus objetivos materiais. Pessoas que não se afastam da bíblia enquanto se distanciam dos seus ensinamentos e do próprio Senhor; cristão que engana a si mesmo enquanto pensa estar enganando seu semelhante.
          Na política tudo isto é ampliado em centenas de vezes, prevalecendo ainda a terrível máxima; A única coisa feia é perder. Daí os políticos desprezarem qualquer valor ético, moral ou religioso, sacrificando até mesmo seu patrimônio econômico com a única certeza de que, se vitorioso, terá como recuperá-lo durante os quatro anos de mandato.
          Certamente que tudo isto não é nenhuma novidade para quem tem o mínimo de conhecimento de política, mas como tudo neste mundo, na política também tem suas inovações e modernizações. Em nosso município, pela primeira vez vimos a prática de compra de votos sendo feita de maneira anunciada, quando políticos admitiam que não tinham a preferência popular mas apostavam que até o dia das eleições comprariam os votos necessários para alcançar a vitória e, de fato, conseguiram. No campo da modernidade, pela primeira vez vimos a compra de votos pela internet, dando-nos a primazia de ser, talvez, a primeira cidade a usar as redes sociais para este fim.
          Enfim, esperamos que a Justiça dos homens corrija os seus erros, enquanto rogamos a DEUS que faça com que eles lembrem que um dia terão que prestar contas com Ele e aí verão, embora tardiamente, que tudo que fizeram não terá valido a pena.


CodigoFonte.com.br

sábado, 20 de outubro de 2012

EU AVISEI!

          Não é preciso ser nenhum Nostradamus para profetizar o que vai acontecer quando se tem um administrador público do tipo que temos. Em matéria do dia 15 de agosto deste (AQUI) fiz o alerta a todos de que isto iria acontecer.
          Agora, chega ao conhecimento deste blog que através do Decreto 345 de ontem, 19 de outubro, foram rescindidos todos os contratos, cancela concessões e gratificações e exonera cargos comissionados, entre outras providências.
          É uma pena que as pessoas tenham sido usadas apenas para fins eleitoreiros, ainda mais com o seus próprios recursos. Estava claro que aquele "pacote de bondade" antes das eleições não tinha condição de ser mantido, assim também como estava à vista de qualquer pessoa de bom senso e que sabe que um município do nosso porte não tem receita própria, subsistindo apenas do Fundo de Participação dos Municípios-FPM.
          Não querendo ser profeta, mas já profetizando, digo que muitas outras coisas irão acontecer e estaremos aqui para mostrar que não é profecia, apenas a constatação do que a experiência do dia a dia tem nos mostrado e que fazemos questão de registrar neste blog.



CodigoFonte.com.br



ELEIÇÕES 2012 - Esclarecimentos do Blog

          Duas semanas após as eleições este blog vem se pronunciar a respeito das várias especulações que circulam na cidade.
          Inicialmente faço questão de esclarecer que não se trata de denuncismo em razão da derrota nas eleições visto que elas foram feitas quando ainda não havia se realizado o pleito. Em matéria de  02.10.12 (AQUI) já levamos ao conhecimento do Sr. Juiz Eleitoral a nossa preocupação com a compra de votos e no mesmo dia formalizamos a denúncia. (AQUI) No dia 4 nova denúncia foi apresentada, desta feita com vídeos que deixavam bem claro a infringência da Lei Eleitoral. (AQUI)
          Desta forma deixo claro que não se trata de queixas de quem perdeu a eleição e sim de fatos que, em virtude da forma anunciada como aconteceu, deu-nos a oportunidade de registrar estes e outros fatos igualmente criminosos que hoje apresentamos à Justiça como Juntada de Provas e não como denúncia.
          Vale esclarecer que, por se tratar de assunto sob análise do Ministério Público e da Justiça, não podemos dar maiores detalhes mas podemos adiantar que não são poucas as provas e que ao seu tempo será levado ao conhecimento da população.


CodigoFonte.com.br

PROFESSORA DE 74 ANOS BATEU FORTE NA PRESIDENTE‏





CodigoFonte.com.br

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

DECISÃO DO TSE GARANTE PLEITO EM REDENÇÃO




CodigoFonte.com.br

INDEPENDÊNCIA: JUIZ ELEITORAL CASSA MAIS UM CANDIDATO A PREFEITO


Independência: Juiz Eleitoral cassa mais um candidato a Prefeito


O candidato de Oposição em Independência, Valterlin Coutinho, que foi o mais votado no Município, teve registro cassado pela Justiça Eleitoral pelo crime de captação ilícita de votos.
O Município de Independência vive uma situação inédita em sua história político-eleitoral com a cassação do registro de candidatura dos dois postulantes à Prefeitura Municipal nas eleições deste ano. Silvestre Vieira e Valterlin Coutinho, que encabeçavam as Chapas de Situação e Oposição, tiveram suas postulações cassadas pelo Juiz Eleitoral Dr. César Morel, deixando a população em dúvidas sobre quem assumirá o comando do Município no dia 01º de janeiro de 2013.
No último dia 15 de setembro, o Juiz Eleitoral julgou uma Representação Eleitoral impetrada pelo Coligação “Inovar com Atitude e Superação”, dos candidatos Valterlin Coutinho e Francisco Diassis Vieira, Prefeito e Vice, respectivamente, contra a Coligação “Independência Para Todos”, cujos candidatos foram, o prefeiturável José Silvestre Vieira e sua Vice, Rita Vieira. O magistrado determinou a cassação do registro do candidato a Prefeito de Independência, José Silvestre Vieira e da Vice, Rita Vieira, da Coligação Independência para Todos, por causa de propaganda irregular em emissora de rádio e conduta vedada a agente público.

Juiz Eleitoral da 39ª Zona, Dr. César Morel cassou os registros dos dois candidatos a Prefeitura de Independência por crimes eleitorais. Foto: Wilrismar Holanda.
O Juiz determinou ainda aplicação de multa no valor de R$ 30 mil ao candidato, R$ 20 mil ao Prefeito Valdi Coutinho, R$ 40 mil à Rádio FM Cidade de Independência e R$ 30 mil a referida Coligação. Silvestre recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral e concorreu à eleição sub-júdice.
Já em outro despacho, datado de 11 de outubro último, Dr. César Morel, cassou os registros dos candidatos da Coligação “Inovar com Atitude e Superação”, Valterlin Coutinho e Diassis Vieira, acusados da prática de crime de captação ilícita de sufrágios. Durante um comício, o locutor ofereceu vantagens a duas ex-servidoras da Prefeitura de Independência, em nome dos candidatos, configurando a prática de crime eleitoral. Uma Reclamação Eleitoral com Pedido de Cassação de Registro de Candidatura da Chapa Majoritária, foi impetrada pela Coligação “Independência para Todos”.
Após as audiências realizadas onde o Juiz Eleitoral tomou os depoimentos dos envolvidos com o caso, Dr. César Morel divulgou sua sentença e cassou os registros de Valterlin e Diassis Vieira, além de determinar a suspensão dos direitos políticos de ambos por um período de 8 anos, a contar das eleições de 2012.(Ver decisão abaixo)
Município sem prefeito eleito
Com as duas decisões do Juiz Eleitoral, paira uma dúvida na mente dos independenciados que estão a se perguntar. Quem vai assumir a Prefeitura Municipal no próximo dia 1º de janeiro de 2013? Alguns juristas afirmam que se a situação não for resolvida até essa data, o Presidente da Câmara, que será eleito no dia 1º de janeiro, deverá assumir a Prefeitura.
Outro questionamento que está sendo feito é que Valterlin venceu a eleição com uma maioria de 216 votos, no entanto, se a votação atribuída ao candidato Silvestre Vieira for considerada nula, o percentual de votos anulados será de 50,85%, portanto, ensejando a possibilidade de uma nova eleição, tendo em vista que Valterlin, não obteve 50% mais 1 dos votos, caso venha a modificar a sentença do Juiz Eleitoral.
Trata-se de uma situação que não permite arriscar quaisquer prognósticos sobre qual será o desfecho, que só ficará encerrada no Tribunal Superior Eleitoral ou no Supremo Tribunal Federal.
Repórter Wilrismar Holanda



CodigoFonte.com.br

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

RÁDIO COMUNITÁRIA A SERVIÇO DO CRIME

          Esta é a segunda vez que dou este título a uma matéria deste blog, tendo ocorrido a primeira em 26.03.2010 (AQUI) quando a emissora que foi criada para contribuir com a educação do cidadão se colocava a serviço de um grupo político, como volta a fazer mais uma vez.
          Enquanto o governo gasta milhões de reais procurando esclarecer a população que a compra de voto é crime, esta emissora vai na contramão recomendando que o povo não denuncie o crime, inclusive informando que estes estão sujeitos a anos de prisão que não estão previstos na legislação eleitoral.
          No mural deste blog tenho recebido insultos de toda natureza, sempre relacionados com o assunto. Faço questão de esclarecer que as denúncias que fiz ocorreram antes do dia das eleições e estão no sítio do TRE ao alcance de todos. Ademais, as provas que estão sendo juntadas aos processos já foram colhidas e se encontram nas mãos dos advogados que tratarão do caso daqui por diante.
          Embora inócuas, suas recomendações não deixam de mostrar mais uma vez a forma vergonhosa que estes apresentadores se comportam quando se trata de assuntos relacionados a administradores públicos, não obstante entender que tratam-se das maiores fontes de recursos que garantem os seus salários. 



CodigoFonte.com.br

sábado, 13 de outubro de 2012

COMPRA DE VOTOS



11/10/2012 17h52 - Atualizado em 11/10/2012 17h52
Ministério Público denuncia prefeito eleito no Ceará por compra de voto
Em depoimento, testemunhas dizem ter recebido dinheiro por votos.
Chefe de gabinete do prefeito diz que provas foram 'forjadas'.
O Ministério Público Estadual do Ceará encaminhou à Justiça Eleitoral denúncia de compra de votos na cidade de Marco, no interior do Ceará. Segundo a denúncia, o prefeito eleito no domingo (7), José Grijalma Rocha, mais conhecido como Paredão, ofereceu dinheiro a eleitores da cidade em troca de voto. Chefe de gabinete nega acusações.
G1 entrou em contato com o prefeito reeleito, mas não obteve resposta. Nesta quinta-feira (11), ele não se encontrava na prefeitura da cidade ou na residência. O chefe de gabinete de Marco, Francisco das Chagas, conhecido como Tino, nega que tenha havido a compra de voto.
saiba mais
Segundo Francisco das Chagas, a denúncia do Ministério Público é baseada em gravações de áudio que captam a oferta de dinheiro por voto. O chefe de gabinete diz ainda que as gravações são forjadas por eleitores e simpatizantes do candidato opositor, derrotados nas urnas.
Segundo a ação do Ministério Público, à qual o G1 teve acesso, foram ouvidas testemunhas que afirmaram ter recebido dinheiro em troca do voto. Uma das testemunhas diz que, além de dinheiro, recebeu a promessa de tratamento de saúde.
Outra testemunha, em depoimento à Procuradoria Geral da Justiça, afirma que sempre recebe "ajuda" de R$ 50 do prefeito reeleito.
Segundo a promotora de Justiça Eleitoral Maria Alice Diógenes Pinheiro, além da captação ilícita de sufrágio (compra de voto, como é conhecido popularmente esse tipo de crime), houve abuso de poder econômico. Segundo a promotora, os gastos realizados pela campanha do então candidato Paredão compromete a "lisura e equilíbrio" da campanha.
A denúncia foi apresentada ao juiz de direito da 88ª zona eleitoral do Ceará. A promotora pede na ação uma investigação judicial eleitoral que possa comprovar os crimes de compra de voto e abuso de poder econômico. Maria Alice Diógenes pede também a inelegibilidade do prefeito Paredão nas eleições nas eleições 2012 e nos oito anos seguintes.
Para ler mais notícias do Ceará clique em g1.globo.com/ce. Siga também o G1 Ceará noTwitter e por RSS.



CodigoFonte.com.br


sexta-feira, 12 de outubro de 2012

RESPEITO É NECESSÁRIO!

          Em matéria abaixo de 8 do corrente afirmei: "De minha parte, diante deste resultado, tomo a decisão de não mais desprender qualquer esforço no sentido de procurar corrigir os erros alheios, como tenho feito nos últimos anos.". Entretanto, nós, seres humanos, quando provocados, reagimos de acordo com a personalidade de cada um.
          Todo este preâmbulo precede um fato ocorrido há poucos minutos quando me encontrava em companhia de amigos numa daquelas conversas de fim de tarde na calçada de um amigo quando fui cumprimentado de forma irônica por um irmão do prefeito eleito que passava de carro e só viu a mim em meio a sete pessoas que lá se encontravam.
          Por estar de costas para a rua não reconheci o autor do cumprimento e em confirmação à provocação, os amigos ali presentes informaram de quem se tratava ao tempo em que pediam para que não ligasse para o ocorrido.
          Conforme afirmei, tinha a intenção de não mais me envolver de forma aguerrida, após as investidas jurídicas em andamento referentes à compra de votos registrada nesta eleição. Certamente que alguns dirão que isto não é novidade em nossa cidade; que isto ocorre em todos os pleitos. E é verdade. Porém, também é verdade que nunca nesta cidade a compra aconteceu de maneira anunciada, como foi feita abertamente desta vez.
          As pesquisas que hoje são ditas como erradas, todas, inclusive de institutos famosos, mostravam que o vencedor não tinha a preferência popular e que o apoio informal de outro candidato que "por baixo dos panos" pediu voto para ele e a vultosa quantia gasta com a compra de voto fizeram a diferença no minguado resultado.
          Resultado à parte, aproveito para responder ao cumprimento dizendo que está tudo bem e que irá ficar melhor ainda. Dizer também que estes pequenos gestos não significam nada diante de tantos outros que já me dirigiram em outras oportunidades e que só serviram como incentivo para que eu continuasse com o desafio que havia me proposto a enfrentar e que, tudo indica, terei novamente pela frente.


CodigoFonte.com.br

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

OPINIÃO - 08.09.12


Art. 41-A. Ressalvado o disposto no art. 26 e seus incisos, constitui captação de sufrágio, vedada por esta Lei, o candidato doar, oferecer, prometer, ou entregar, ao eleitor, com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública, desde o registro da candidatura até o dia da eleição, inclusive, sob pena de multa de mil a cinqüenta mil Ufir, e cassação do registro ou do diploma, observado o procedimento previsto no art. 22 da Lei Complementar no 64, de 18 de maio de 1990. (Incluído pela Lei nº 9.840, de 28.9.1999)



          Inicio esta matéria com o Art. 41-A da Lei 9.504, de 30 de setembro de 1997 que prevê cassação do registro ou diploma de quem compra votos. Naturalmente que para isto é necessário que se prove a compra e isto foi fartamente provado em denúncias que apresentei à Justiça Eleitoral em mais de uma oportunidade, além de outras denúncias e apreensões feitas pelas autoridades policiais.
          Não quero com isto dizer que a lei será cumprida, afinal de contas fazemos parte de um país chamado Brasil. País que passa por um julgamento do maior escândalo de corrupção já registrado chamado "Mensalão"; País que tem a região mais pobre e que enfrenta uma das maiores secas. É neste contexto que nos encontramos, portanto, não é de se estranhar que o nosso eleitor ceda à necessidade e venda o que ele tem de mais sagrado e valioso, perdendo a oportunidade de mudar seu próprio destino.
          Do resultado em si somente uma coisa me preocupa; a semelhança do modo e a intensidade da forma como se procedeu a compra de votos em comparação à última eleição que teve como resultado o desastre que perdura até hoje na administração pública local.
          De minha parte, diante deste resultado, tomo a decisão de não mais desprender qualquer esforço no sentido de procurar corrigir os erros alheios, como tenho feito nos últimos anos. Embora seja autor de algumas denúncias apresentadas à Justiça Eleitoral no decorrer da campanha, procurarei respeitar a decisão dos eleitores que, uns a pretexto da necessidade venderam seus votos, outros em defesa de seus próprios interesses patrocinaram a compra.
          Quanto à Justiça, esperamos que cumpra o seu papel, apurando os fatos e estabelecendo a verdade sobre os mesmos, cumprindo seu papel de guardiã das leis.

RESULTADO DAS ELEIÇÕES 2012 EM NOVA RUSSAS

domingo, 7 de outubro de 2012

ÚLTIMA PESQUISA REGISTRADA NA JUSTIÇA ELEITORAL

          De conformidade com o Art. 12 da Resolução Nº 23.364 do Tribunal Superior Eleitoral-TSE divulgamos Pesquisa Eleitoral devidamente registrada na Justiça Eleitoral sob o nº CE-00168/2012. 
          Assim como na primeira que divulgamos, certamente esta também será contestada pelos adversários da Dra. Daniela, mas fica a pergunta: Se eles questionam, por que então não divulgaram uma sequer devidamente registrada, como estamos fazendo?

Clique para ampliar

EMPRESA CONTRATADA: ALENCAR CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA


sábado, 6 de outubro de 2012

GRUPO SEARA LEVARÁ AO SEU OUVINTE A APURAÇÃO EM TEMPO REAL

          O Grupo Seara de comunicação avisa que amanhã fará a cobertura completa da apuração em tempo real. Para tanto, além dos profissionais do seu quadro, estará contando com a colaboração de Técio Freitas, Reginaldo Marques e Arnold Jr. da cidade de Crateús.
           Informa ainda o Grupo que contará com profissionais em todos os distritos para melhor acompanhamento dos fatos.

ACÁCIO JR. É VÍTIMA DE AGRESSÃO

          Com o único fim jornalístico e por tratar-se de um caso policial, não podemos deixar de levar ao conhecimento público o fato ocorrido ontem à noite no bairro Pantanal.
          Enquanto fiscalizava denúncia de compra de votos naquele bairro Acácio Jr. foi agredido, inclusive com pedrada que chegou a ferir seu olho pelo Sr. Marthus Rosa genro de Francisco da Costa Martins, conhecido como Costinha. Não satisfeito Marcos ainda quebrou o para brisa do veículo que Acácio Jr. utilizava, de propriedade da Dra. Daniela.
          Marcos que já é bastante conhecido por suas práticas truculentas, inclusive com registro no fórum local, desta feita se fazia acompanhar do genro do Sr. Gonçalo Diogo numa associação que não se pode esperar outra coisa pela fama que goza a família.
          Acácio Jr. dirigiu-se à Delegacia de Polícia local para registrar a ocorrência e foi encaminhado para fazer exame de corpo de delito. Naquela oportunidade também foi agredido com palavras como "traficante" e "laranja" seu cunhado Michael que também registrou a ocorrência praticada pela senhora Tamires, filha do candidato Gonçalo Diogo.
          Enquanto atendiam a ocorrência policiais militares, ao vistoriarem o carro do marido da senhora Tamires, encontraram R$ 4.000,00 (Quatro mil reais) em espécie, vários cheques e caderno de anotações que foram apreendidos e levados para a delegacia juntamente com o carro. Segundo se apurou alegaram que o dinheiro era destinado ao pagamento de funcionários da cerâmica do Sr. Costinha.
          Difícil é entender porque o genro do candidato Gonçalo Diogo levaria dinheiro para fazer o pagamento de funcionários do Sr. Costinha em pleno horário noturno.







CodigoFonte.com.br

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

FINAL DA PROPAGANDA ELEITORAL - Resumo

          Graças a DEUS tudo correu em paz para a coligação É TEMPO DE PAZ NOVA RUSSAS. Como última postagem da campanha mostraremos abaixo vídeo com alguns dos bons momentos vividos neste período eleitoral.
          Tenham todos muita paz e que seja eleito(a) quem for melhor para nossa terra.






CodigoFonte.com.br

GOVERNO DO ESTADO PRESTIGIA PSB LOCAL

          Atendendo a pedido do Presidente do PSB local Dr. Acácio que demonstra preocupação com a situação hídrica do nosso município o Governo do Estado através da Secretaria de Recursos Hídricos enviou equipamentos para a perfuração de cinco poços profundos no município.
          Dentre as comunidades beneficiadas já se encontram gozando do benefício as comunidades de Serrotinho, Boa Vista e Residência. Os dois últimos serão perfurados em seguida.



CodigoFonte.com.br

DRA. DANIELA É ESCOLHIDA PATRONA

          A turma de formandos em História pela Universidade Vale do Acaraú escolheu por maioria a Dra. Daniela para patrona.
          A Dra. Daniela aceitou o convite e a festa de formatura acontecerá no dia 22 deste. Mais detalhes oportunamente.


CodigoFonte.com.br

COMPRA DE VOTOS DESENFREADA - III

          Mais uma vez venho tratar de um assunto que é recorrente neste período; a compra de votos. Depois de haver recebido uma filmagem onde um jovem anota nome de pessoas para participarem do comício do candidato Gonçalo Diogo em troca de R$ 10,00 (Dez reais). Consta ainda da gravação a promessa de cachaça e vodka de graça além de cerveja a R$ 1,00 (Um real).
          Por tratar-se de mais um crime eleitoral protocolei denúncia junto ao Cartório Eleitoral para que sejam tomadas as providências devidas, conforme abaixo:

Clique para ampliar



CodigoFonte.com.br



COMÍCIO DE ENCERRAMENTO DA CAMPANHA 40

          Hoje, a partir das 19:00hs na praça do mercado velho, em frente à Macavi, haverá o comício de encerramento da campanha onde é esperado um grande número de pessoas que virão em caminhada a partir do campo das areias no Alto da Boa Vista.
          Esperamos a participação maciça do povo que sempre prestigiou os eventos do 40 para o coroamento da vitória do dia 7 próximo.



CodigoFonte.com.br

terça-feira, 2 de outubro de 2012

COMPRA DE VOTOS DESENFREADA EM NOVA RUSSAS - II

          Em aditamento à matéria abaixo vimos tecer alguns comentários sobre os fatos ali narrados. Diz um ditado que a pessoa que se vende sempre recebe mais do que vale. Em respeito aos seus pais que já estão sofrendo bastante, não entraremos em detalhes sobre o jovem protagonista principal do espetáculo vergonhoso registrado em frente ao comitê da coligação PRA FRENTE NOVA RUSSAS.
          Quanto ao episódio, foi a "aquisição" de um jovem que até ontem prestava serviços de divulgação ao comitê da coligação 40. Com queima de fogos, retirada dos adesivos e pisoteio da imagem dos candidatos, o espetáculo prosseguiu até a chegada de representantes da Justiça Eleitoral.
          Por esta e outras razões é que apresentamos a denúncia à Justiça Eleitoral para nos resguardarmos, embora acreditemos não ser necessário o uso de tais provas. Contudo, considero importante que a população tome conhecimento dos abusos que estão sendo cometidos, lembrando mais uma vez que quem pretende ganhar uma eleição desta forma está fadado a ter o mesmo destino de quem o fez nas últimas eleições.
          Veja o teor da denúncia apresentada ao Sr. Juiz Eleitoral.

Clique para ampliar
Clique para ampliar





CodigoFonte.com.br

COMPRA DE VOTOS DESENFREADA EM NOVA RUSSAS

          Mais uma vez eu e o Pe. Maurício comparecemos ao Fórum local pra denunciar a escandalosa compra de votos que tem se verificado nos últimos dias. Desta feita levamos ao Dr. Juiz Eleitoral provas da compra de votos feita até pela internet.
          Após ver as imagens o Sr. Juiz Antonio Teixeira orientou-nos que formalizássemos a denúncia, o que de pronto foi feito. Aproveitamos a oportunidade para denunciar outros fatos gravados em DVD e CD apensos à denúncia.
          Alheios às consequências sofridas pelo o último prefeito eleito por meio desta prática, pessoas que o acompanharam à época, hoje se utilizam das mesmas práticas e até com mais intensidade, como é o caso dos candidatos empresários que apostam tudo na força do dinheiro.
          Esperamos que a população não tenha esquecido das graves consequências que o município vem sofrendo até os dias de hoje e que vote de acordo com sua consciência.



CodigoFonte.com.br

CANINDEZINHO 2012





CodigoFonte.com.br

NO BLOG DO MAX


SEGUNDA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2012


SURGEM INDÍCIOS DE COMPRA DE VOTOS EM NOVA RUSSAS



O Ministério Público, a Justiça Eleitoral e a polícia devem ficar atentos: faltando apenas 7 dias  para as eleições, começou em nossa cidade o crime mais pernicioso contra o regime democrático, que é a compra famigerada de votos. Indícios é o que não faltam, agora é necessário que a denúncia chegue ao ministério público, justiça eleitoral e que a polícia prenda esses que serão os futuros corruptos de nossa cidade. Quem compra voto, será o corrupto de amanhã e quem vende não é vítima, é conivente com o crime e ambos devem ir pra cadeia. O candidato que compra voto, compra o mandato, como aconteceu no pleito de 2008. Vocês lembram muito bem qual foi o resultado, resumindo uma coisa se associa a outra. O político corruptor e seu comparsa o eleitor venal, não tem o mínimo de consciência política e serão omissos em suas funções. Ao ser "eleito', ou melhor ao comprar o mandato o prefeito não terá nenhuma responsabilidade e compromisso com as causas sociais coletivas e o mercenário eleitor não tem como reivindicar seus direitos. Então o ditado, o povo tem o governo que merece se confirma. Em 2008, esse povo que vendeu o voto, mereceu o governo, não tem do que reclamar, infelizmente penalizou áqueles que votaram conscientemente. Neste ano, lamentavelmente, a  prática imoral e ilícita está bem orquestrada e aparentemente se não houver medidas coibidoras, será muito pior do que às eleições de 2008. São estratagemas das mais variadas e vorazes, tudo para abruptamente garantir dividendos eleitorais. Nós cidadãos de bem, que pagamos nossos impostos e que labutamos com o suor do esforço, acreditamos piamente que no dia 7 de outubro se modifique esse conceito inútil e nocivo, do contrário teremos mais 4 anos com mais gestores presos, a população enganada e o município dilacerado por atos de corrupção.